Taças e Copos Para Qualquer Ocasião

As vezes você vai fazer aquele jantar e não sabe muito bem que tipo de copo oferecer. Claro que, assim como os talheres, cada copo depende do tipo de bebida que será consumida. Se, durante a refeição, forem consumidas mais de um tipo de bebida, é conveniente que se apresentem os copos a serem utilizados para todos os tipos de bebidas servidas.

Mas fique tranquilo.    Agora você vai aprender para que serve cada modelo.

De cristal ou vidro? Com boca larga ou estreita? São tantas as opções e modelos de taças e copos que qualquer um pode se confundir na hora de usá-los, não é verdade? Aprenda agora qual bebida deve ser servida em cada modelo.

 

Cerveja e chope: conhecido como tulipa, seu formato favorece a formação de espuma e ajuda a manter a temperatura.

 

 

 

Bebidas quentes, como o irish coffee: a caneca é conhecida como Coffee mug.

 

 

Espumante e champanhe: a taça flûte fina e elegante mantém as borbulhas da bebida por mais tempo.  Não se esqueça que o nome champanhe só pode ser usado por bebidas que sejam produzidas na região de Champanhe, na França.  É tipo de uma IGT (Indicação Geográfica Típica).

 

 

 

 

Martinis e coquetéis gelados: nesta taça não se deve usar gelo ou canudo. Para decorar, apenas espete na borda uma rodela de limão ou laranja.

 

 

Vodca: o copinho fino, com base grossa, evita que o calor das mãos esquente a bebida (que costuma ser servida gelada, assim que sai do congelador, e em pequenas doses).

 

 

 

Coquetel de frutas: a taça, bojuda, é ideal para bebidas cremosas, à base de creme de leite e leite condensado.

 

 

 

Margarita: com haste fina e boca larga, é indicada para servir o coquetel típico mexicano. Na hora de servir este drinque, costuma-se molhar a borda da taça com suco de limão e depois encostá-la em um prato com sal.

 

 

 

Coquetéis tropicais e refrescantes: a taça é indicada para servir bebidas supercoloridas e decoradas.

 

 

 

Uísque: o copo é largo para acomodar os cubos de gelo, que geralmente acompanham a bebida.

 

 

 

 

 

Bebidas destiladas e coquetéis refrescantes: o tradicional copo long drink é indicado para servir água, refrigerante, suco ou bebidas com bastante gelo, como club soda.

 

As taças ideais para cada vinho

  • Taça de vinho tinto:
bourdeaux
    • Taça Bordeaux: Com design de bojo grande e boca mais fechada, foi elaborada para receber vinhos encorpados e com tanino forte, como os feitos com a uva Cabernet Sauvignon. Esse tipo de taça segura os aromas, concentrando-os para reforçar o sabor da bebida e facilita o direcionamento para a ponta da língua, onde percebemos os sabores mais frutados. Além da Cabernet Sauvignon, a taça Bordeaux combina com Merlots, Syrahs e Tannats.borgonha
    • Taça Borgonha: O design da taça borgonha lembra um balão, com bojo maior do que as taças Bordeaux e uma boca maior, permitindo maior contato do ar com a bebida. Esse tipo de taça é ideal para favorecer vinhos de aromas imperdíveis e também facilita o contato da bebida com o centro da língua, diminuindo sua acidez. Essa taça é ideal para Pinot Noirs, Riojas e Nebbiolos.
    • Importante: Prefira o vinho tinto sempre na temperatura ambiente.   Em alguns locais o maître sugere esfriar um pouco o vinho num balde de gelo.   Absurdo! O vinho deve ser bem guardado para não precisar mexer na temperatura de serviço.

vinho-branco

  • Taça de vinho branco: A taça de vinho branco, como seu nome já indica, foi elaborada para consumo rápido e fácil dessa bebida. Elas tem um bojo menor e são mais baixas, permitindo que o volume preenchido da taça seja pequeno e não favoreça a elevação da temperatura, já que esses vinhos devem ser consumidos mais gelados.  Também pode ser usada para vinhos Rosés.
  • Taça de vinho rosé: Os vinhos rosés são uma bela mistura dos taninos encontrados nos vinhos tintos e os aromas dos vinhos brancos, por esse motivo tem taças pequenas porém com um bojo grande, que valoriza essas duas características. É pouco comum encontrar taças de vinhos rosés em jogos de copos, por isso ele também pode ser consumido em taças de vinho branco.
  • ISO
  • Taça ISO: Essa é a taça padrão que se adapta para todos os tipos de vinho, muito utilizada em restaurantes ou em eventos de degustação. Ela tem um tamanho menor do que as tradicionais taças de vinho tinto, porém com bojo maior e a boca mais fechada. Por se adaptar a qualquer tipo de bebida, ideal para degustação técnica.
  • espumantes
  • Taça de espumantes: Essa taça é também chamada de Flute (flauta), por causa de seu formato fino e alongado. Esse design é ideal para que sejam formadas as bolhas da bebida espumante, que colaboram com seu sabor e aroma. Como o volume dessa taça é pequeno, ela também não prejudica a temperatura da bebida, que deve ser servida a temperatura ideal sempre.

    vinho-doce
  • Taças de vinhos doces (sobremesas): Essas taças possuem bojo e tamanho pequeno, para valorizar o consumo de vinhos mais doces, que não devem ser ingeridos em grandes quantidades. O desenho da taça, com a boca levemente fechada, permite que a bebida seja levada diretamente para a ponta da língua, onde saboreamos paladares mais doces.

Disposição dos copos na mesa:

Esta foto também está no post “Tipos de Talheres“.

 


Deixe comentário

Todos os direitos reservados © 1998-2020 - Le Chef